O Poder do Silêncio


“Oh Silêncio quase absoluto do infinito que,

Como um grito, invade minha alma

Ensurdecedor, traz consigo o caos da escuridão

Mas imagens, rutilantes se definem

E se definham continuamente

Molecularidade demente em ritmo alucinante e pleno

Orgasmo colérico, extremo...

...no íntimo abismo da mente”

Essa poesia escrita por mim na adolescência, traz uma visão caótica e assustadora do silêncio, mas por outro lado, nos mostra que o verdadeiro silêncio não vem da boca, mas da alma.


Tentamos meditar, colocar nossos pensamentos em ordem, por vezes calando nossa boca, mas raramente aquietamos nossa mente, nosso coração.


Nos deixamos dominar por nossas angústias, nossos medos e confundimos essa sensação de impotência e incapacidade de lutar e se expressar, com o silêncio.


Deixar de verbalizar suas dores e anseios, para aprisionar essa mistura de sentimentos, pensamentos, incertezas e preocupações, deixando-as fervilhar em sua mente, também não é silêncio.


Calar-se em relação ao que está errado, tampouco é silêncio, isso é omissão.


Mas permitir que o silêncio varra de nossa aura poluída, ideias engessadas, pensamentos negativos, sentimentos baixos, e assim permitir que nossa alma se preencha de novas ideias, de luz, de sentimentos bons é vital para nosso crescimento.


Em nosso cotidiano, falamos demais, expomos nossa visão do mundo com soberba e julgamentos. Queremos ser donos da razão, impondo nossas crenças e juízos religiosos, morais, políticos... Fazemos transmissões diárias do que julgamos correto, sem dar atenção a tudo que é diferente do que acreditamos.


E assim, nos esquecemos de escutar...


Sim, a maior ferramenta para a evolução, para o aprendizado... Escutar... Ouvir aos outros, ouvir a si mesmo... Simplesmente ouvir... Ouvir a alma, até que ela se aquiete, e na serenidade pacífica do silêncio, que ela se abra para realmente florescer.


O silêncio real é curador! É no silêncio da alma que a voz divina se manifesta dentro de nós.


Permita-se ouvir a voz divina que ecoa dentro de você!



133 visualizações0 comentário