Não é só linha de esquerda que trabalha bem...


Ah, o rodar da pombagira, ela encanta, ela traz alegria, tira demanda. Contagia, a rosa do jardim que muitos não sabem apreciar.

Apreciar? Você, filho de Orixá, dá a devida importância a todas as linhas? Temos o costume de reagir mais as linguagens direcionadas há linha de esquerda.

Deixamos para trás, o verdadeiro sentimento e caminho, de um preto-velho. Do ensinamento de um caboclo. De uma laçada de Sr. Boiadeiro para passar e seguir em frente, em meio a conflito. Dos erês que cuidam de nossa vida, a maior parte do tempo. A baiana, que alegra o nosso coração.

Deixamos essa atenção de lado e focamos apenas naquilo que desempenha a satisfação. Aquilo que é ligado ao desejo.

A religião, é muito além do que os nossos olhos podem ver. Não é a nossa atenção focada a apenas um objetivo que queremos. Damos valor a quem pode satisfazer isso. O nosso ego. Esquecemos de quem podem ensinar o além do nosso desejo, mas sim, a evolução da vida.

Acabamos não querendo aprender, e sim, apenas ter.


Não queira ter.

Queira aprender também.

Compartilhar.

E ceder sua atenção para além de um lado só.

Seja o equilíbrio das duas linhas de sabedoria.

.

Texto: @guardioes_do_axe / Foto: Pinterest - (MANTENHA OS CRÉDITOS).

50 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo